(19) 3251-2312 / 3325-1522  |    (19) 99837-4640  |    contato@singular.med.br  |  
 

intestino irritávelUma em cada cinco pessoas apresentam a Síndrome do Intestino Irritável, uma condição que pode causar dor abdominal, excesso de gazes, diarreia e constipação. Pesquisadores da Universidade de Yale concluíram que pessoas com a síndrome que seguem uma dieta individualizada têm menos sintomas.

 

A pesquisa foi publicada na edição de setembro do periódico BMJ Open Gastroenterology. Trata-se de um ensaio randomizado, controlado, duplo-cego com 58 pessoas com a síndrome. O sangue de todos os participantes foi analisado através de um teste de ativação de leucócitos, para identificar os alimentos com resultados positivos ou negativos.

Após o teste, os participantes foram divididos em dois grupos. Um grupo fez uma dieta específica incluindo os alimentos identificados como bons e excluindo os ruins. O outro grupo recebeu a orientação exatamente oposta: comer os ruins e eliminar os bons.

Os participantes que fizeram a dieta com os alimentos tiveram um resultado significativamente maior na GIS, que mede a melhora global dos sintomas da síndrome, e significativamente menor na SSS, que mede a severidade dos sintomas.

Os autores ainda afirmam que estes resultados podem levar a novos insights a respeito da fisiopatologia da Síndrome do Intestino Irritável.

Para ler o artigo original, clique aqui